Ao que vimos

A participação na vida musical em contextos relacionais face-a-face de pessoas que comummente não se assumem como ‘músicos’ constitui um modo relevante de criação e produção cultural.

Tocar numa banda filarmónica ou num grupo etnográfico, cantar num coro, integrar uma performance em espaço público, são exemplos de participação na vida social que estão no centro da investigação desenvolvida no projeto “A nossa música, o nosso mundo: Associações musicais, bandas filarmónicas e comunidades locais (1880-2018)”, PTDC/CPC-MMU/5720/2014..

Projeto

Este estudo dirige-se ao saber-fazer musical que é voluntariamente tecido em associações/colectividades musicais. A realidade em estudo neste projecto é dinâmica e intersticial mas está no centro da vida social. Este projeto de investigação explora 1) a contribuição para a aprendizagem ao longo da vida e o desenvolvimento artístico, profissional, cultural e económico da sociedade local; 2) a capacidade criativa, de tecer comunidades (estáveis ou fluídas e fragmentárias) e identidades, de representar lugares, contextualizar conflitos, construir o espaço público e redesenhar a paisagem sonora. As questões que se colocam prendem-se com saber como – e em que circunstâncias e contextos – o faz e porquê..

October 10th-12th, 2019

Hosted and organized by the University of Aveiro and INET-md (Portugal) and co-organized by the International Society for the Promotion and Research of Wind Music (IGEB)

June 28th-30th, 2019
Hosted and organized by the University of Aveiro and INET-md (Portugal)

Há música na Vista Alegre
9 Fevereiro - 14 Abril
10:00-19:00
Museu Vista Alegre

Investigador Principal

Investigadores (Música no Meio)

Investigadores participantes

Fale connosco e participe: anossamusica@ua.pt